Boletim da APP – 14/08/20

Informativo eletrônico semanal da APP-Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do PR

Direção da APP-Sindicato cobra da Seed soluções para as pautas da categoria

Reunião tratou de temas relacionados ao contexto da pandemia e de outros direitos dos(as) servidores(as)

Dirigentes da APP-Sindicato realizaram uma reunião com diretores(as) da Secretaria da Educação e do Esporte (Seed), na manhã desta sexta-feira (14), para debater e cobrar o encaminhamento de pautas da categoria. Confira o relato dos principais temas abordados no link abaixo:

> Clique e leia a matéria completa <


APP-Sindicato e UFPR promovem pesquisa sobre condições de trabalho durante a pandemia

Estudo vai investigar impactos das aulas não presenciais no trabalho de professores(as) e funcionários(as) de escola

A APP-Sindicato, o Núcleo de Políticas Educacionais (NuPE) da UFPR e a Arizona State University (ASU / EUA) firmaram uma parceria para realizar uma pesquisa sobre as condições de trabalho dos(as) profissionais da educação da rede pública estadual do Paraná, no cenário da pandemia da Covid-19. Até o final do mês de agosto, serão aplicados mais de 2.000 questionários para professores(as) regentes de classe e funcionários(as) de escola.

“Essa pesquisa vai ouvir os trabalhadores da educação nesse período de aulas remotas, objetivando compreender os impactos da pandemia e os problemas que essa forma de organizar as aulas está causando nos trabalhadores e trabalhadoras”, explica a secretária de Finanças da APP-Sindicato, professora Walkiria Mazeto, uma das pesquisadoras que compõem a equipe de trabalho do projeto.

Se você é professora(a) regente da rede pública estadual do Paraná, clique aqui para responder ao questionário.

> Clique e leia a matéria completa <


Entidades dizem “NÃO” ao retorno das aulas presenciais durante a pandemia

Em plenária do Fórum Popular de Educação, participantes denunciaram as políticas educacionais que aumentam o risco de infecção no ambiente escolar

Na última quarta-feira (12), o Fórum Estadual Popular de Educação do Paraná (FEPE-PR) organizou uma plenária para debater a situação da educação pública diante da pandemia causada pelo Coronavírus (COVID-19). Entre os(as) participantes estiveram deputados(as), vereadores(as) professores(as) e funcionários(as) de escola, estudantes, entidades ligadas à educação pública e representantes de pais, mães e responsáveis. 

Durante o evento, foi pautada a questão do retorno das aulas presenciais e como a desigualdade gera um cenário complexo para qualquer medida que visa as aulas presenciais. Os(as) presentes também enfatizaram a necessidade de uma atenção maior para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), a educação do Campo, Quilombola e Indígena. 

> Clique e leia a matéria completa <


Volta às aulas: Pesquisas revelam medo de pais e risco para familiares

Volta às aulas pode colocar mais de 900 mil pessoas na fila das UTIs com Covid-19

Enquanto governos discutem a volta às aulas sem plano efetivo de segurança para proteger crianças e jovens do novo coronavírus (Covid-19), 70% dos pais e mães que têm filhos entre o 6º e o 9º ano na rede pública acham que seria melhor que ficassem na mesma série em 2021, revela Datafolha feita.

Estudo da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) revela outro problema grave: cerca de 9,3 milhões de pessoas também ficariam sujeitas à contaminação pelo novo coronavírus porque fazem parte de grupos de risco – idosos e adultos com comorbidades – que convivem com as crianças, jovens e profissionais da educação.

> Clique e leia a matéria completa <


Arrumar o que for necessário, e tornar os serviços públicos cada vez melhores

Serviço público existe para suprir as necessidades da população e contribuir ao desenvolvimento do país