Boletim da APP – 23/10/20

Informativo eletrônico semanal da APP-Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do PR

APP-Sindicato entra na Justiça contra convocação para atividades presenciais nas escolas estaduais

Ação é motivada pelo descumprimento, por parte do governo, de protocolos de segurança e prevenção ao novo coronavírus

A APP-Sindicato entrou na Justiça contra o Estado do Paraná, nesta sexta-feira (23), pedindo a suspensão imediata da convocação de professores(as) e funcionários(as), pais(mães) e estudantes para o retorno gradativo das atividades presenciais extracurriculares em escolas da rede pública estadual.

Na petição, o Sindicato destaca que não há registro de que a Secretaria de Educação esteja cumprindo os protocolos de segurança e prevenção ao novo coronavírus, estabelecidos pela secretaria de Estado da Saúde (Sesa), para o retorno retorno de aulas nas escolas.

> Clique e leia a matéria completa <


Secretário Renato Feder insiste em aplicar prova para Professores(as) PSS

A APP-Sindicato denuncia autoritarismo por parte de Ratinho Junior e Renato Feder e aponta que valor gasto com prova deveria ser utilizado em Concurso Público

A Secretaria de Estado da Educação do Paraná (Seed) insiste em alterar critérios da seleção dos (as) professores(as) do Processo Seletivo Simplificado (PSS) para o ano de 2021 onde um deles é a prova. O contrato foi assinado no dia 30 de setembro, sem o conhecimento da comissão de profissionais PSS, que foi instituída como compromisso da greve em julho 2019. A APP-Sindicato aponta que o Secretário de Educação, Renato Feder, utiliza de uma postura autoritária, pois a categoria só tomou conhecimento do contrato nas redes sociais.

O departamento de PSS’s aponta que quando questionada quanto aos critérios, aos protocolos de segurança em virtude da pandemia, custos aos candidatos, gastos do Estado, Universidade ou empresa que irá organizar o processo, a Seed se esquivou e não deu respostas conclusivas. O Coordenador do departamento, Professor Elio da Silva aponta que o secretário Feder e a gestão da Seed não têm levado em consideração a qualidade da educação e apresenta apenas uma preocupação  mercadológica visando lucro.

> Clique e leia a matéria completa <


Conselho Estadual de Saúde se posiciona contra retorno das aulas presenciais

Mesmo com aumento de casos, Ratinho Jr e sua equipe publicaram uma resolução que convoca os(as) profissionais de educação para cumprir atividades presenciais

Em meio a uma nova alta no número de casos de contaminação e vítimas do COVID-19, a Secretaria de Estado de Educação (Seed) demonstra seu desprezo pela vida de milhares de trabalhadores(as) da educação. Seguindo posição contrária de órgãos e instituições ligadas a saúde e educação, a Seed por meio da Resolução n. 4.057/2020, publicada esta semana, convoca Professores(as) e Funcionários(as) de Escola para realizar expediente nas escolas. 

> Clique e leia a matéria completa <


APP-Sindicato denuncia abusos contra a vida em nova resolução da Secretaria da Educação

Dirigentes abordaram o tema em uma live na última quinta-feira no Facebook do Sindicato

A APP-Sindicato está mobilizando e orientando a categoria contra a Resolução n. 4.057/2020, publicada esta semana pela Secretaria da Educação e do Esporte (Seed), que convoca professores(as) e funcionários(as) da rede pública estadual para realizar expediente nas escolas durante a pandemia do novo coronavírus. O assunto foi tema de uma transmissão ao vivo pela internet na página do Sindicato. Acesse: https://www.facebook.com/watch/?v=358857658663273

A entidade denuncia que o documento desrespeita as orientações das autoridades de saúde e coloca em risco a vida dos(as) trabalhadores(as). “A partir do momento que a Secretaria da Educação faz com que milhares de funcionários, equipe pedagógica e professores tenham que ir pra escola, sem necessidade, o secretário Renato Feder mostra que não tem responsabilidade com a vida dos profissionais da educação, dos estudantes, da comunidade e com a saúde pública”, disse a secretária de Funcionários da APP-Sindicato, Nádia Brixner.

> Clique e leia a matéria completa <


Dirigentes do FES cobram compromissos assumidos pelo governo

Reunião ocorreu na quarta (21) com o diretor da Seap

Na manhã de quarta-feira (21), dirigentes do Fórum das Entidades Sindicais (FES) se reuniram com o diretor-geral da SEAP, Elisandro Pires Frigo, para cobrar os compromissos assumidos na última reunião com o secretário de governo Marcel Micheletto, ocorrida no dia 30 de setembro.

Dentre as reivindicações estão a implantação do piso mínimo regional, a retomada do pagamento de promoções e progressões de servidoras e servidores e a suspensão do congelamento desses benefícios programados na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano de 2021.

> Clique e leia a matéria completa <


Quem defende os(as) professores(as) e funcionários(as) de escola da rede públicas estadual do Paraná é a APP-Sindicato. Essa batalha é diária e, muitas vezes, precisa recorrer à Justiça para reparar ilegalidades cometidas pelos governos contra os direitos da categoria. Clique no link abaixo para obter informações e orientações sobre ações coletivas em andamento.

Consultar ações


Garanta seus direitos. Sindicalize-se!